sábado, 24 de setembro de 2016

Suas bochechas estão coradas?

A morte, sempre ela, a espreita não só dos incautos, mas de todos, talvez para os incautos e descuidados possa chegar antes, mas acaba alcançando a todos. Quase sempre a morte é de profunda tristeza para familiares e pessoas do relacionamento do falecido, para alguns desafetos a morte passa em alguns casos ser um alivio e para tantas outras nada mais é do que um meio de vida.

Temos os agentes funerários, empregados destas agencias, o coveiro, funcionários do cemitério, ou das empresas de cremação, para o florista, para algumas religiões e para algumas funções até inusitadas, mas para alguns necessária.

Carolina Maluf, 30 anos, profissão necromaquiadora. Isto mesmo, Carolina tem como profissão fazer make em defuntos, e ganha a vida com isto. Além de ser hoje uma profissional no seu trabalho, ainda promove cursos de necromaquiagem, o curso tem 48 horas inclusive com aulas práticas.

Cobra por trabalho de R$ 600 a R$ 6000 dependendo do tipo de make a ser realizada, uma maquiagem mais suave ou mais pesada com restituição em caso de acidentes, o trabalho dura de 30 minutos quando é algo simples até oito horas quando em caso de acidente e a necessidade de realizar uma reconstituição.

Afirma ela que não tem medo de gente morta, dos vivos sim. E também não toma banho após cada serviço, se fosse fazer isto era muito banho. Não tem nenhum tipo de nojo ou asco e logo após o trabalho consegue comer normalmente, não faz nenhum tipo de ligação.

Então, alguém a fim de mudar de profissão?

MATÉRIA COMPLETA


Arctic Monkeys - Do I Wanna Know?


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Irei lhe contar meus pecados

Não necessariamente assim. Sempre fui um tanto avesso a exposição gratuita, mas, por influência até do meu irmão fiz um blog lá pelos idos de 2009, e inclusive devido a sua profissão, a internet desde muito foi uma necessidade inclusive para divulgar o seu trabalho e também emitir sua opinião, ou seja, de certa forma influenciar. ATIRE NO DRAMATURGO era um antigo Blog que ele tinha, sem atualizações desde 2013, agora ele utiliza as Redes Sociais, principalmente o Face Book para divulgar e influenciar o Caetano SERÁ QUE A GENTE INFLUENCIA O CAETANO.

Por que estou falando disso? Porque nos dias de hoje com o advento da internet e principalmente das redes sociais, qualquer coisa que você escreva, mesmo que seja para meia dúzia de pessoas, de certa forma você passa a influenciar, faz a pessoa pensar e isto é uma situação muito sutil, porque qualquer pessoa, como o mínimo a dizer e talvez dizendo as coisas no momento certo acaba arrebatando um certo número de pessoas para causas do bem e causas do mal, afinal ao mesmo tempo que  “somos todos”, somos influenciadores mas também influenciáveis.

Algumas pessoas totalmente sem noção acabam achando que ser verdadeiro (para elas mesmos) pode simplesmente falar o que vem na cabeça, mesmo que seja um punhado de merda, porque difícil você transformar as coisas para o bem, mas, para o mal é muito fácil.


Sempre quando escrevo alguma coisa sobre este assunto, não sei exatamente porque, mas alguns nomes surgem em minha mente, Fernando Collor, Lula, Chaves, Hitler, sei lá.


Hozier - Take Me To Church


quinta-feira, 22 de setembro de 2016

E estou me sentindo tão pequeno

Não sou um idiota (só um pouco) e nem insensível o bastante para afirmar que as doenças emocionais são apenas frescuras de quem afirma ter e sofrer por isso e que precisa da ajuda de profissionais da área psicológica.

Mas também acredito que existe uma banalização muito grande, uma inconsistência e ao mesmo tempo uma falta de prioridades para entender até que ponto é uma doença ou uma dramatização exagerada dos problemas corriqueiros, problemas diários que acontece com todo mundo, entretanto alguns já não conseguem lidar tão bem e se “acostumam” a se tratarem inclusive com doses diárias de remédio, quando deveriam aprender e aceitarem que faz parte do cotidiano resolver problemas.

Sei lá, não sou nenhum psicólogo, psiquiatra ou entendedor da mente humana, mas, alguns profissionais da área já começam a entender tal situação e acreditam que existe um excesso, e que as emoções devam e precisam continuarem expressando o que somos e não trata-las na maioria dos casos como um transtorno quando na verdade não são.

Por aí, problemas vão existir sempre, um pouco mais e um pouco menos, a maioria causados por nós mesmos, como dizia aquela candidata a prefeita, relaxa e goza, ou não.



A Great Big World, Christina Aguilera - Say Something


quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Porque eles veem as coisas de um ângulo diferente

A morte faz parte da vida, (que novidade), mas insistimos em não aceita-la, é muito complicado lidar com ela, ainda mais quando a vida é tirada por um acidente, hoje tudo bem, amanhã ta morto. Hoje você é um protagonista de uma novela, no dia seguinte sucumbe ali mesmo, naquela paisagem e não cenograficamente, mas na vida real.

Não sou de assistir novelas, mas, até pelo rio São Francisco, região que minha avó muita contava que para os nordestinos o Velho Chico está para o nordeste como o Nilo esta para o Egito. Então acabei nas zapeadas passando pela novela. E o protagonista da trama acabou falecendo, sendo arrastado pelas águas do São Francisco, num local onde a água consegue enganar e ganhar até dos mais experientes.

Na verdade, tudo isso é um gancho ou exemplificação sobre um artigo que lia, e como não sou peixe e por certa ocasião ou até duas passei muito perto de entender o que seja um afogamento por experiência própria sempre fico meio arredio com água, não com líquidos, só alguns.

O afogamento é quarta causa de mortes acidentais em adultos e uma das três principais em crianças. Mas afinal o que vem a ser o afogamento?

1- No início do afogamento, a pessoa se debate, tentando se manter na superfície. Ela prende a respiração o quanto pode e aspira, sem querer, pequenas quantidades de água, o que provoca o fechamento da laringe, órgão situado entre a traquéia e a base da língua. Esse é um mecanismo de defesa do nosso corpo para que a água não inunde os pulmões.
2- Depois de alguns minutos, a laringe relaxa e a pessoa involuntariamente respira debaixo d’água, aspirando e engolindo grande quantidade de água. Parte do líquido vai para o estômago e o restante segue o mesmo caminho do ar: percorre a traquéia e chega aos pulmões, passando por brônquios, bronquíolos e alvéolos.
3- Com o pulmão encharcado, a troca gasosa (entrada de oxigênio e saída de gás carbônico) não funciona mais. A redução da taxa de oxigênio causa danos em todos os tecidos, principalmente nos que precisam de mais ar, como as células nervosas. O cérebro é gravemente lesionado e a pessoa fica inconsciente.
4- Depois de chegar aos alvéolos, a água entra no sangue e penetra nos glóbulos vermelhos, destruindo-os. Com isso, o potássio presente nessas células vaza para o plasma sanguíneo. Em concentração elevada, o potássio é fatal: ele acaba com a diferença de carga dentro e fora da célula, impedindo a transmissão dos impulsos nervosos e, assim, a contração muscular. Com isso, o coração pode parar de bater.


Não tem morte bonita, não tem uma boa escolha para morrer, mas a morte por asfixia é cruel, muito cruel.



One Direction - You & I


terça-feira, 20 de setembro de 2016

De um jeito ou de outro

Andando aqui pelo calçadão de Londrina, no centro da cidade, como em qualquer outra cidade acabamos encontrando muitas figuras estranhas no melhor jeito brasileiro, “se virando”, temos o homem estatua, temos mais adiante os malabares junto com outro que faz as piruetas, temos alguns “pastores” procurando arrebanhar mais fiéis para suas igrejas, temos os sul americanos provavelmente do Peru tocando nas suas flautas  as músicas andinas, mas estão usando cocares de índios americanos, coisas da globalização.

Além de todas estas personagens, surgiu mais um, ele chega com seu “toca-fitas”, todo vestido de branco, em posse de um microfone faz de conta de esta imitando o Elvis Presley.  Faz lá alguns trejeitos que nem de longe lembra o Rei do Rock, a pele é morena, o cabelo nada a ver, apenas acreditamos que se trata do Elvis pelas músicas que saem do seu aparelho sonoro. É uma vergonha alheia sem dúvida, mas acaba sendo divertido e todo dia está marcando ponto. Então por um momento, pensei, realmente Elvis não morreu.

Brincadeiras a parte, claro que também não podemos levar a sério, entretanto nesta área do rock em todos os casos das mortes de artistas famosos sempre existe a lenda que o mesmo continua vivo, e por mais que seja uma brincadeira, muitos levam a sério. No caso de Kurt Cobain, depois de 20 anos o Nirvana admitiu a morte dele.

Ainda muitos acreditam que Jim Morrison esta vagando por ai. Que na verdade não morreu, apenas arrumou um jeito de ficar no anonimato, sabe como é, poder andar a vontade. Não sabia, assim como Kurt Cobain lidar com a fama.

O caso do Elvis é a mesma coisa, vive disfarçado, foi visto em vários lugares, inclusive por aqui e na Argentina, onde parece que tenha fixado residência, e deve viver até hoje cuidando de galinhas, ou esta aqui em nosso calçadão.


Michael Jackson também não morreu, continua vivo e tomou o lugar de Dave Dave, um amigo seu que morreu em um acidente.

E outro caso emblemático também é o caso de Paul McCartney que continua vivo, mas muita gente afirma que ele morreu e outro tomou o seu lugar.


A única coisa que sei, que eu estou vivo, ou não.


One Direction - One Way Or Another


segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Você pode conseguir, conseguir qualquer coisa que quiser

Desde muito tempo que eu acredito em certas “verdades” , e acredito sim que o crime e castigo são consequências do que é feito, bem e mal, mas principalmente vai depender muito da história que se tem para contar.

Explicando, nós somos aquilo que parecemos ser, simples assim, mesmo que você tenha praticado algum tipo de crime e vá a julgamento mas tenha uma boa história, tenha bons advogados, mesmo que esta história não seja a verdade, no final é ela que vai prevalecer. E o contrário também é verdadeiro, você é inocente, mas não tem uma boa história, no final você pode até ser considerado culpado, pelo simples fato que não soube interpretar bem o seu papel, mesmo que seja a mais pura verdade.

Ou seja, em qualquer julgamento a verdade é o que menos importa, basta uma boa história, fundamentada em fatos irreais, mas que venham a convencer a justiça, é o que basta, a lógica pode ser fantasiosa, mas se for a única, é a que vai valer.

Então, por estas e outras que talvez o Lula, mais cedo ou mais tarde vai acabar sendo preso pelo “débito no Imposto de Renda”, ou seja, as suas histórias são distorcidas e fantasiosas, não parecem ser verdadeiras, talvez nem são, mas o problema que parecem mentiras.

Então, as vezes mais vale uma mentira convincente do que a verdade mal contada.



One Direction - Kiss You




domingo, 18 de setembro de 2016

Eu tentei parecer tranquila

Pode ser até que seja que na maioria das vezes os “homens” não querem assumir uma responsabilidade com filhos, em outros casos a própria mulher acredita que um filho vai “prender” o seu namorado, em outros casos o filho vem e o amor acaba, ou por diversas outras razões desde muito tempo mais mulheres passam a ser mães solos.

Nem para o bem e nem para o mal, isto faz parte da vida, e muitos filhos hoje estão crescendo, sendo criados, educados, as vezes muito bem-educados pelas mães, avós e outros parentes sem a presença do pai. Em outros casos mesmo estando o pai “presente” ele é muito mais ausente do que o pai “ausente”, se é que vocês me entendem.

Lia, dias destes, uma reportagem sobre o assunto onde era dado ênfase as perguntas que muita gente, na maioria dos casos sem noção alguma, outras “tias” velhas, e alguns idiotas mesmo, entretanto são perguntas que digamos nenhuma mãe solo precisava ouvir, ou vejamos:

“ Coitada de você, criando seu filho sozinha”

“Caramba, como você dá conta? ”

“E o seu filho não sente a falta de uma figura masculina? ”

“Você é jovem, ainda dá tempo de achar um “pai” para o seu filho”

“Que lindo o seu bebê! E cadê o pai? “

“Então quer dizer que você não planejou a gravidez? “

“Você se dá bem com o pai? Ele paga a pensão direitinho? ‘

“Menina, não sabia que você tinha casado”

“Mas você não quis se casar com o pai do seu filho? “

“Ué, mas com quem você deixou a criança? “

Então, para uma mulher que cria um filho solo, ainda muita gente tem um grande preconceito, mesmo que velado, ainda tem, e a mulher passar a ser estigmatizada e o pai biológico nem sempre é “julgado” da mesma forma pela sociedade hipócrita.




One Direction - One Thing



sábado, 17 de setembro de 2016

Sim, faremos o que estamos fazendo, só fingindo que somos legais

Desde o início da operação designada de Lava Jato ainda em 2009, mais de 6 anos atrás, os brasileiros passaram a conviver com um Big Brothers das falcatruas ao vivo e as cores, a justiça encarnada pelo juiz Sérgio Moro ganhou uma nova dimensão, os promotores de justiça e suas forças tarefas começaram também a ganhar notoriedade, assim como a Policia Federal.

A partir daí, mesmo depois do Mensalão e suas consequências em prisões, os políticos em geral não abriram mão de suas regalias e suas falcatruas e continuaram deitando e rolando, e nem hoje com todos os holofotes nestas operações os políticos continuam arrumando formas de continuar operando, buscando novos caminhos, novas saídas, é mais ou menos de uma brincadeira de gato e rato, tampa um buraco aqui, faz outro ali e a vida continua.

E muitos já disseram, pessoas importantes e influentes, que na verdade estamos na situação que hoje estamos não por causa da roubalheira, mas pela ação da Lava Jato que não deixa mais as empresas trabalharem, e elas tiveram de demitir muitos funcionários, perderam muito dinheiro, ou seja, deixa eles, roubavam mas faziam alguma coisa, então, pra que coibir?

Então chegamos no quase finalmente, e o Ministério Público, neste ponto não entendi muito bem, faz uma coletiva, cheio de gráficos e Power Point demonstrando que existem indícios fortes que o Lula seja o Chefe Mor de toda a roubalheira. OK. Vou dizer o que acho, até acho que o Lula seja sim o responsável, se é o que mais ganhou, não sei, mas que teve uma participação de protagonista eu acho que sim. Entretanto o Ministério Público, a Justiça não pode achar, não pode dizer que existem indícios que ele é o protagonista. A justiça precisa de provas, ou se for o caso não atice fogo se não tiver um extintor por perto.

Não é por que é o Lula, ele não está acima do bem e do mal, mas quer queiram quer não, por ter enganado, por ser o que ele é, se a eleição fosse hoje ele ganhava. Pronto. A população não precisa de achismo, precisa de resultados concretos, precisa que o resultado das provas quando se somar uma mais um de dois, sem virgulas.


Não adianta ir na mídia, não adianta ter indícios, precisa de muito mais, ou caso contrário, estaremos fortalecendo ainda mais o “inocente’ Lula.


One Direction - Live While We're Young


sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Eu sei, você sabe que eu sei

Situações desesperadas pedem atitudes desesperadas, este também é mais um chavão que gostamos de repetir com intuito de justificar algumas medidas que não teriam justificativa dentro de uma normalidade, entretanto o ser humano é movido pela racionalidade até que ela não seja mais razoável o bastante para atender os seus anseios então se apela para a fé no inimaginável, fé no impossível e até por esta gana, este crédito em certas coisas acabamos por desviar do caminho mais seguro.

Vamos lá, não sabemos exato porque cargas d’água a Universidade de São Paulo localizada em São Carlos produzia desde o ano 1996 em seu laboratório de química uma molécula de nome fosto-etano-lamina e também não se sabe o inicio, mas distribuía esta substância para pessoas com câncer, e com o passar dos anos, a mídia acabou divulgando alguns depoimentos de pessoas que tomavam esta substância e diziam que melhoravam. E tudo isso acontecendo durante muitos anos sem nunca ter sido feito nenhum estudo e nenhum teste cientifico nos pacientes.

Quando tudo isso veio a tona, a Universidade resolveu proibir a produção no final de 2014, e em 2015 a Presidenta Dilma sancionou sem vetos uma lei que autorizava a produção pela Universidade da chamada pílula do câncer sem nenhum conhecimento técnico por parte da Presidenta e dos Congressista, apenas porque o povo com muita fé no tratamento enchia a justiça de liminares e os congressistas entenderam simplesmente que deveriam legalizar algo em principio ilegal para satisfazer a fé.

Chegando ao STF, acabou sendo suspensa a lei que autorizava a liberação da pílula do câncer, pelo menos provisoriamente, até que se julgue o mérito ou que tenham experiências cientificas de sua eficácia. E até o momento em diversos testes realizados a mesma fracassou em todos.  E assim, caminha a humanidade, na hora do desespero as pessoas aceitam e acatam qualquer coisa. Nem certo, nem errado, apenas humano.


One Direction - Best Song Ever




quinta-feira, 15 de setembro de 2016

A história da minha vida, a levo para casa

Existem algumas tradições que jamais mudam, outras vão se adequando com o decorrer da passagem do tempo e algumas são simplesmente apagadas com um rabisco e um contrato e tudo muda de uma hora para outra.

Tubo bem, no caso em questão que vamos comentar não se trata de nada que vá desencadear uma guerra nuclear, ou afetar gerações, trata-se de negociação, de marketing, de esperteza e de bobeada, ou muito dinheiro que deve ser o caso.

As redes de Fast-food em cada caso, procuram sempre atrair os seus clientes com alguns detalhes que chamam a atenção e se tornam o diferencial, no caso da BOB’S, quem nunca ouviu falar ou mesmo experimentou o milk-shake de Ovomaltine. Era um produto consagrado, um clássico da marca no Brasil e como num passe de mágica a partir de agora o McDonald’s faz o lançamento deste produto. Ou seja, se você estava acostumado a pedir o milk-shake de Ovomaltine nas redes do BOB’S isto ficou no passado pode começar a pedir no McDonald’s.

Então, em 1959 o BOB’S lanço o milk-shake e desde 2005 tinha a exclusividade aqui no Brasil e agora trocou de mãos, muito dinheiro envolvido na história, talvez até por um poder de fogo maior do McDonald’s e a tendência é se consolidar ainda mais, pelo menos aqui no Brasil. E a campanha de marketing deve começar pesado.

Assim é a vida corporativa, não existe bonzinhos, a concorrência é acirrada. O BOB’S diz que não é bem assim, que a fórmula do seu milk-shake que é especial e não vai perder mercado. Então ta.


Então só para encerrar, nem gosto muito de milk-shake quer seja de Ovomaltine ou não. Para mim não fará nenhuma diferença.


One Direction - Story of My Life


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...